terça-feira, 25 de abril de 2017

Sanduiche de Berinjela à Ipanema Pitanga


Este sanduíche pode ser servido num lanche light vegetariano ou como um acompanhamento.

Ingredientes:
Berinjelas cortadas em fatias finas ao comprido
Sal e pimenta do reino
Queijo Cottage
Tomate picado
Orégano

Modo de fazer:
1. Temperar as fatias de berinjela com sal e pimenta do reino.
2. Grelhar as fatias de berinjela na chapa.
3. Montar o sanduíche na sequência abaixo:
·         1 fatia de berinjela grelhada;
·         Colocar por cima queijo cottage, tomate picado e orégano;
·         A seguir outra fatia de berinjela;
·         Colocar outra camada de queijo, tomate e orégano;
·         Fechar o sanduíche com uma fatia de berinjela.
4. Na hora de servir, regar o sanduíche com azeite de oliva e esquentar no micro-ondas ou em forno pré-aquecido.






Eggplant Sandwich Ipanema Pitanga-Style

This sandwich can be served in a lunch or as an side dish.

Ingredients:
Eggplants thinly sliced in the lenght direction
Salt and black pepper
Cottage cheese
Chopped tomato
Oregano

Directions:
1. Season the eggplant slices with salt and black pepper.
2. Grill the eggplant slices on the plate.
3. Assemble the sandwich in the sequence below:
• 1 slice of grilled eggplant;
• Place cottage cheese, chopped tomatoes and oregano on top;
• Next, another slice of eggplant;
• Place another layer of cheese, tomato and oregano;
• Close the sandwich with a slice of eggplant.

4. At the time of serving, put olive oil over the sandwich and warm in the microwave or preheated oven.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Folhado de Cogumelo



Este folhado é um prato versátil e delicioso, podendo ser servido como prato principal (acompanhado de uma salada) numa refeição vegetariana, como acompanhamento, como entrada ou no breakfast/brunch. Como usa massa folhada pronta é rápido e fácil de fazer.

Ingredientes:

Recheio:
350 g de cogumelos picados (nós usamos champions)
1 cebola picada
1 dente de alho amassado
Sal
Vinho branco
Azeite de oliva

Massa folhada comprada pronta

Modo de fazer:

Recheio:
Refogar no azeite a cebola e o alho, até a cebola ficar transparente.
Adicionar o champion e refogar por 1 minuto.
Adicionar uma colher de sopa de vinho branco e refogar um pouco.
Tampar a panela e baixar o fogo.
Cozinhar por 2 a 3 minutos
Destampar a panela, aumentar o fogo e secar o líquido existente. Deve ficar uma mistura bem úmida, mas praticamente sem líquido.
Reservar

Montagem:
Untar um refratário com manteiga e colocar uma camada de massa folhada.
Rechear com a mistura de champions.
Colocar outra camada de massa folhada e fechar bem as bordas.
Untar a massa folhada com meia gema de ovo.

Assar em forno a 250º C por cerca de 20 minutos, ou até a massa ficar dourada e cozida.

 





Mushroom Puff Pastry

This puff pastry is a versatile and delicious dish, and can be served as a main course (with a salad) in a vegetarian meal, as a side dish, as a lunch or at breakfast / brunch. How to use puff pastry ready is quick and easy to do.
ingredients:

Filling:
350g chopped mushroom (we use champions)
1 chopped onion
1 clove garlic
salt
White wine
Olive oil

Dought: Puff pastry purchased ready

Directions:

Filling:
Braise in olive oil onion and garlic until onion is transparent.
Add the champion and sauté for 1 minute.
Add tablespoom of white wine and sauté a little.
Cover the pan and lower the heat. Cook for 2 to 3 minutes
Uncover the pan, increase the heat and dry the existing liquid. It should be a very wet mix, but virtually no liquid.
Reserve

Assembly:
Grease an ovenproof dish with butter and place a puff pastry layer.
Fill with the mixture of champions.
Place another layer of dough and close the edges.
Greasing the puff pastry with half egg yolk.


Bake in oven at 250 ° C for about 20 minutes or until the dough is browned and cooked.

terça-feira, 11 de abril de 2017

Torta de Peixe a Ipanema Pitanga


Esta torta foi criada pela Mariângela na sexta-feira da Semana Santa de 2014, sendo deliciosa, fácil de fazer e prática.

Ingredientes:

1 kg de filé de peixe (nós usamos filés de Polaca do Alasca)
1 pimentão verde picado
1 pimentão vermelho picado
1 pimentão amarelo picado
1 cebola picadinha
Sal e pimenta do reino
Azeite de oliva

Modo de fazer:

Temperar os filés de peixe com sal e pimenta do reino.

Refogar no azeite de oliva os pimentões e a cebola até ficarem “al dente”.

Cozinhar 5 batatas em água e sal. Amassar as batatas e fazer um purê, adicionando um pouco de manteiga e leite.

Montar a torta num refratário da seguinte maneira:

Colocar um pouco de azeite de oliva no fundo do refratário.

Montar a torta em camadas:
1ª camada – filés de peixe
2ª camada – refogado de pimentão com cebola
3ª camada – purê de batata (camada fina)
4ª camada – filés de peixe
5ª camada – refogado de pimentão com cebola
6ª camada – purê de batata

Assar por cerca de 20 minutos.





Fish pie Ipanema Pitanga-Style

This pie was created by Mariângela on Friday of Holy week of 2014, being delicious, easy to make and practice.

Ingredients:

1 kg fish fillet (we use Alaska Pollock fillets)
1 green bell pepper chopped
1 red bell pepper chopped
1 yellow bell pepper chopped
1 finely chopped onion
Salt and black pepper
Olive oil

How to:

Season the fish fillets with salt and pepper.

Sauté in olive oil the peppers and onion until they are “al dente”.

5 Cook the potatoes in salted water. Mash the potatoes and make a puree, adding a little of butter and milk.

Assemble the pie in an ovenproof dish as follows:

Put some olive oil on the bottom of the ovenproof dish.

Assemble the cake in layers:
1st layer-fish fillets
2nd layer – mix of onions and bell peppers
3rd layer-mashed potatoes (thin layer)
4th layer-fish fillets
5th layer – mix of onions and bell peppers
6th layer-mashed potatoes


Bake for about 20 minutes.

sábado, 8 de abril de 2017

4 restaurantes brasileiros estão entre os 100 melhores do mundo

D>O>M
Ranking do The Restaurant elege todos os anos os melhores em mais de 20 países

access_time7 abr 2017, 10h44

São Paulo – O que faz um restaurante pertencer ao seleto grupo dos melhores do mundo? Na verdade, um conjunto de fatores são levados em consideração, mas sem dúvida, a originalidade e sofisticação do menu é o que tem mais peso na hora da escolha dos melhores do mundo.

Nesta semana, o ranking divulgado anualmente pela revista The Restaurant divulgou os nomes dos melhores restaurantes do mundo e entre os 100 primeiros colocados na lista, quatro restaurantes brasileiros estão no ranking.

O D.O.M. em São Paulo, do chef Alex Atala, é o único que aparece entre os 50 melhores e este ano ocupa a posição de número 16 no levantamento. Veja abaixo quais são e quem comanda os quatro melhores restaurantes brasileiros, segundo a revista The Restaurant.

D.O.M.
Localização: São Paulo
Chef: Alex Atala
Posição no ranking: 16ª
Tipo de gastronomia: Brasileira

Lasai
Localização: Rio de Janeiro
Chef: Rafa Costa e Silva
Posição no ranking: 76ª
Tipo de gastronomia: Contemporânea

Maní
Localização: São Paulo
Chefs: Helena Rizzo e Vinícius Nagão
Posição no ranking: 81ª
Tipos de gastronomia: Brasileira, contemporânea e criativa

Olympe
Localização: Rio de Janeiro
Chefs: Claude Troisgros e Thomas Troisgros
Posição no ranking: 100ª
Tipos de gastronomia: Brasileira e francesa


http://exame.abril.com.br/estilo-de-vida/4-restaurantes-brasileiros-estao-entre-os-100-melhores-do-mundo/

quarta-feira, 5 de abril de 2017

Salada de Repolho com Manga e Abacaxi


Salada rápida e fácil de fazer, ótima para acompanhar grelhados. Nós fizemos com molho vinagrete, mas se quiser, pode usar maionese.

Ingredientes:

½ repolho cortado em tiras
1 manga picada
½ abacaxi picado

Molho Vinagrete:
6 colheres de sopa de azeite extra virgem
2 colheres de sopa de vinagre de vinho (ou suco de limão)
Sal, açúcar e pimenta do reino a gosto.

Modo de fazer:

Misturar os ingredientes da salada.
Misturar os ingredientes do molho.
Adicionar o molho na salada.

Cabbage Salad with Mango and Pineapple

This salad is quick and easy to make, great for grilling meats. We made it with vinaigrette sauce, but if you want, you can use mayonnaise.

Ingredients:

½ cabbage cut into strips
1 chopped mango
½ chopped pineapple

Vinaigrette Sauce:
6 tablespoons extra virgin olive oil
2 tablespoons of wine vinegar (or lemon juice)
Salt, sugar and black pepper to taste.

Ditrctions:

Mix the salad ingredientes.
Mix the ingredients in the sauce.

Add the sauce in the salad.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Peito de Frango com Champagne e Alecrim


Semana passada estivemos em Búzios e nossa amiga Yara fez este frango delicioso para o almoço depois da praia. Os dias estavam lindos com temperaturas já mais amena do que no verão.
Teve um dia que fomos a várias praias para mostrar a uns amigos que não as conheciam. Passamos pela Praia da Foca, que é pouco conhecida, linda e normalmente deserta, pela Praia do Forno e, por fim, pela Praia da Tartaruga, onde ficamos até o final do dia. A seguir mostramos umas fotos destas praias.

Praia da Foca



Praia do Forno


Praia da Tartaruga


Ingredientes:

Peito de frango sem pele e sem osso
Cebolas pequenas inteiras
Alecrim fresco

Marinada:
Alho socado
Pimenta do reino
Sal
Azeite de oliva (um fio)
Champagne

Modo de fazer:

1. Misturar os ingredientes da marinada. Colocar uma quantidade de Champagne suficiente para alcançar metade da altura do tabuleiro na hora de assar. Adicionar os demais ingredientes a gosto.
2. Colocar os peitos de frango para marinar por uns 30 minutos.
3. Tirar os peitos de frango da marinada e colocar num tabuleiro. Adicionar as cebolas
4. Regar com o líquido da marinada.
5. Colocar ramos de alecrim por cima dos peitos de frango.
6. Regar com um fio de azeite de oliva
7. Assar em forno médio até o frango ficar macio e dourado


Chicken Breast with Champagne and Rosemary

Last week we were in Buzios and our friend Yara made this delicious chicken for lunch after the beach. The days were beautiful with milder temperatures in relation to the summer.
One day we went to several beaches to show for some friends, we did not know these beaches. We pass by Foca Beach (Seal Beach), which is little known, beautiful and usually deserted, by Praia do Forno and, finally, by Tartaruga Beach (Tortuga Beach), where we stayed until the end of the day. Above we show some pictures of these beaches.

Ingredients:

Chicken breast, skinless, boneless
Whole small onions
Fresh rosemary

Marinade:
Garlic kneaded
Black pepper
Salt
Olive oil (a strand)
Champagne

Direction:

1. Mix the ingredients of marinade. Put enough Champagne to reach half the height of the baking tray. Add the remaining ingredients to taste.
2. Put the chicken breasts in the marinate for about 30 minutes.
3. Take the chicken breasts out of the marinade and place on a baking tray. Add the onions
4. Sprinkle with marinade liquid.
5. Place twigs of rosemary on top of chicken breasts.
6. Place a string of olive oil

7. Bake in medium oven until the chicken is tender and golden

quarta-feira, 22 de março de 2017

Língua de Boi Ensopada com Batatas


Muita gente tem preconceito em comer miúdos de boi. O professor de gastronomia da Anhembi Morumbi, Leonardo Tavares, tem uma explicação para o preconceito com miúdos: “Geralmente quem rejeita esse tipo de carne não teve a necessidade de comer, mas em países que passaram por guerra, os miúdos foram incorporados”. A língua bovina pode ser uma iniciação ao mundo dos miúdos. “É um músculo, mais fácil de comer do que, por exemplo, a dobradinha”, lembra Chico Ferreira, do Le Jazz.

Na Itália, a língua merece respeito. No rico Piemonte, por exemplo, é muito apreciada braseada ou cozida com tomate.

Na culinária japonesa há muitas variações de preparo da língua, como a do tradicional Kaburá.

Na Bulgária, todo mundo come língua. Um dos pratos mais tradicionais do país chama-se ezik v maslo, que significa, literalmente, língua na manteiga.

A língua é comum na tradição culinária judaica, em especial dos judeus do Leste Europeu. E é comum por um simples motivo: era o que sobrava – e então era aproveitada por um povo que não tinha recursos para comprar cortes nobres. Na mesa das festas de fim de ano, ela é servida com molho doce. Mas uma outra forma comum de prepará-la está ligada à conservação da carne. Ela é marinada, salgada, cozida e defumada.

Existem dois pratos comuns nos cardápios dos restaurantes do Rio de Janeiro, feitos com língua de boi, que são muito gostosos: Língua ao Molho Madeira com Purê de Batata e Língua Ensopada com Batata.

Nesta postagem daremos a receita da Língua Ensopada com Batata, que é menos elaborada, mas também deliciosa.

Ingredientes:

1 língua de boi
3 batatas grandes cortadas ao meio
1 cebola picada
2 dentes de alho amassados
Sal e pimenta do reino
1 embalagem de Pomarola Tradicional (se desejar faça um molho de tomate com manjericão)
Azeitonas verdes sem caroço (opcional)
Azeite de oliva

Modo de fazer:

1. Se estiver com pele: Lave muito bem a língua com bastante água, coloque em uma panela de pressão com água, e dê uma fervura.
Depois retire toda a pele da língua
Dica: se estiver sem pele: lavar bem a língua antes de refogar.
2. Temperar a língua com sal e pimenta do reino.
3. Fatiar a língua em rodelas.
4. Refogar no azeite o alho e a cebola. Adicionar a língua e dar uma dourada.
5. Depois de dourada, adicionar a Pomarola e cerca de 1 xícara de água.
6. Quando ferver adicionar as batatas. Baixar o fogo, tampar a panela e cozinhar até as batatas ficarem macias.
7. Pouco antes de tirar a panela do fogo, adicionar as azeitonas.





Ox Tongue Stew with Potatoes

A lot of people are prejudiced about eating oxen. Anhembi Morumbi gastronomy professor Leonardo Tavares has an explanation for the prejudice with oxen: "Usually those who reject this type of meat did not have to eat, but in countries that went through war, the oxen were incorporated." The bovine tongue can be an initiation to the world of the oxens. "It's a muscle, easier to eat than tripé, for example" recalls Chico Ferreira of Le Jazz.

In Italy, tongue deserves respect. In rich Piedmont, for example, it is much appreciated braised or cooked with tomatoes.

In Japanese cuisine there are many variations of tongue preparation, such as traditional Kabura.

In Bulgaria, everyone eats ox tongue. One of the most traditional dishes in the country is called ezik v maslo, which literally means tongue in butter.

Ox Tongue is common in the Jewish culinary tradition, especially of Eastern European Jews. And it is common for a simple reason: it was what was left - and then it was used by a people that did not have the resources to buy noble courts of meat. On the table of the holidays, she is served with sweet sauce. But another common way of preparing it is linked to the conservation of the flesh. It is marinated, salted, cooked and smoked.

There are two common dishes on the menus of the Rio de Janeiro’ restaurants, made with ox tongue, which are very delicious: Tongue in Madeira Sauce with Mashed Potatoes and Tongue Stew with Potatoes.

In this post we will give the recipe of Ox Tongue Stew, which is less elaborate but also delicious

Ingredients:

1 ox tongue
3 large potatoes, cut in half
1 chopped onion
2 cloves garlic, crushed
Salt and black pepper to taste
1 pack of Traditional Pomarola (if you wish make a tomato sauce with basil)
pitted green olives (optional)
Olive oil

Directions:

1. If the tongue have skin: Wash your tongue thoroughly with plenty water, put in a pressure cooker with water, and bring to boil.
Then remove all skin from the tongue
Tip: If the tongue don’t have skin: wash the tongue well before braising.
2. Season the tongue with salt and black pepper.
3. Slice the tongue into slices.
4. Sauté garlic and onion in olive oil. Add the tongue and braise until golden.
5. After golden, add the Pomarola and about 1 cup water.
6. When boiling add the potatoes. Lower the heat, cover the pan and cook until the potatoes are tender.
7. Shortly before taking the pan