quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Beiju ou Tapioca


O beiju, biju ou tapioca é uma iguaria tipicamente brasileira, de origem indígena, feita com a fécula extraída da mandioca, também conhecida como goma da tapioca, tapioca, goma seca, polvilho doce ou massa de mandioca. A goma da tapioca, ao ser espalhada em uma chapa ou frigideira aquecida, coagula-se e vira um tipo de panqueca ou crepe seco. O recheio varia, mas o mais tradicional é o feito com coco e queijo coalho.

Apesar de muito popular e integrante da culinária típica de diversos estados nordestinos, a tapioca mais tradicional do Brasil ainda se encontra no Alto da Sé, em Pernambuco (preservada pela Associação das Tapioqueiras de Olinda). Também encontramos diversas entidades dedicadas à cultura popular da tapioca pelo Nordeste, como o Centro das Tapioqueiras entre os municípios de Fortaleza e Eusébio, no Ceará.

Modo de fazer:

Aqueça uma frigideira em fogo baixo e coloque aos poucos a goma de tapioca cobrindo todos os espaços da frigideira até formar uma camada fina e uniforme. Espere a massa ficar unida como se fosse uma panqueca. Vire com uma espátula para secar do outro lado. Coloque o recheio e embrulhe como se fosse um crepe.

Você pode usar qualquer recheio utilizado em empadas ou pastéis, de acordo com sua imaginação.

Dica: se só encontrar a tapioca seca, em forma de polvilho, umideça a tapioca da seguinte forma: em uma tigela, coloque o polvilho e umedeça com a água misturando com a ponta dos dedos, até ficar com consistência de farinha granulada e úmida; passe por uma peneira e reserve.







Beiju, biju or tapioca is a typical Brazilian delicacy, of indigenous origin, made with an extract of the cassava (manioc) starch, also known as tapioca gum, tapioca, dry gum, sweet cassava starch or cassava dough. The tapioca gum, to be spread on a griddle or frying pan heated gels and becomes a kind of pancake or crepe dry, disk-shaped. The filling varies, but the most traditional is made with coconut and curd cheese.

Although very popular and typical cuisine of the Northeastern States, the more traditional tapioca in Brazil is still at the Alto da Sé, in Pernambuco state (preserved by the Association of Tapioqueiras of Olinda). We also found several entities dedicated to the popular tapioca culture of the Northeast, like the Center of the Tapioqueiras between the municipalities of Fortaleza and Eusebio, in Ceará state.

How to:

Heat a frying pan over low heat and gradually pour starch tapioca covering all the spaces of the frying pan until it forms a thin and uniform layer. Hold the dough stick together like a pancake. Turn with a spatula to dry on the other side. Put the filling and wrap like a crepe.

You can use any kind of filling used in pies or pasties, according to your imagination.

Nenhum comentário: